quarta-feira, 23 de novembro de 2011

CARTA A UM GRANDE AMIGO

Oi, meu amigo...

Já faz um tempinho que eu estava querendo escrever essa cartinha pra você. Eu tenho percebido umas coisas que estão acontecendo com você e nem sempre tenho como te dizer o que penso, sem ser invasiva. Às vezes não dá tempo, às vezes não me sinto a vontade. Mas você é meu amigo e precisa saber dessas coisas que penso a seu respeito.

Vejo você um pouco frustrado com a sua vida e até meio confuso. Você tomou algumas decisões que não foram exatamente o que você queria, né? E agora se sente perdido, sem saber se leva isso adiante ou se desiste. Você tem medo de decepcionar sua família, eu sei bem disso. Mas ao mesmo tempo você se sente aprisionado em tantas expectativas.

Parece que você quer muito se sentir mais livre para fazer o que tem vontade. Às vezes até parece que você está vivendo a vida de outra pessoa, esperando uma chance de poder ser você mesmo. Eu percebo quando você disfarça sua raiva. Eu percebo que não é verdade quando você me diz que está ótimo e que sua vida é o melhor que você pode fazer, e que não tem escolha. Eu te vejo com o olhar perdido, sem alternativas. Ou melhor, fazendo um esforço enorme para não admitir que a melhor alternativa possível seria romper com tudo o que você tem vivido até agora.

Eu percebo o quanto a opinião das pessoas te afeta. A ponto de você não saber a quem agradar primeiro e no meio dessa confusão a sua vontade é a última a ser atendida. Às vezes você nem sabe qual é a sua verdadeira vontade. Você confunde seus sonhos com os sonhos da sua família, da sua religião, dos seus colegas de trabalho, de tanta gente.E você traça seus planos tomando o cuidado de não ofender ninguém. Você não consegue suportar sentir que a opinião das pessoas que você mais ama te aprisiona pelo simples fato de você achar, lá no fundo, que deveria estar retribuindo a todo o suposto sacrifício que eles fizeram por você.

 Eu te vejo se colocando muito abaixo da sua capacidade, desacreditando de si mesmo e nem ao menos sabendo o quanto você é maravilhoso, só porque alguém, em algum momento te disse que você não podia sonhar tão alto. E por isso hoje você se sente culpado por ser tão bom no que faz. Você se sente culpado por ser inteligente, por ser bonito, por querer ser independente, por pensar por conta própria. E quando você percebe toda a sua capacidade e o quanto você poderia crescer e amadurecer na vida, de repente você se pega fazendo qualquer coisa que seja o contrário de tudo isso, só para validar o que disseram de você.

Amigo, eu fico triste em te ver preso desse jeito. Eu já passei por tudo isso e tenho certeza de que você não se sente nada feliz por estar vivendo a vida pela metade. Por que é isso, mesmo. É tudo médio. Alegria média, amizades médias, profissão média, amor médio, relacionamento familiar médio, fé média... E por mais que se diga por aí que é melhor "estar na média", eu posso te dizer com toda certeza que não é. E você sabe disso! Ou pelo menos você imagina que viver intensamente deve ser muito melhor do que o que você tem.

Ter uma vida que faça sentido, que te faça se sentir empolgado somente por acordar de manhã e estar vivo e poder ver a beleza nos pequenos detalhes do seu dia. Um amor que valha a pena, pelo qual você não hesitaria em largar tudo e que não te deixaria  a menor dúvida de que você é a pessoa mais importante do mundo para ele e que também largaria tudo por você. Ter o maior prazer do mundo em estar com sua família, respeitando o espaço de cada um e se sentindo respeitado e admirado. Ter aquele trabalho que você ama fazer e que te dá as maiores recompensas, tanto financeiras, quanto pessoais e profissionais. Ter amigos que te ajudem a crescer e que saibam rir e chorar com você na medida em que você precisa deles, nem mais, nem menos.  Ter todos os sonhos sem se sentir incapaz ou não merecedor de realizá-los. Se sentir em paz com Deus, independente de qualquer religião, livre de qualquer dogma ou de qualquer sacrifício que exijam de você. Sentir uma vida máxima, viver o máximo, ser feliz ao máximo sabendo que a escolha foi sua em cada circunstância da sua vida, sem medo das consequências, mas assumindo cada uma delas como responsabilidade e méritos seus.

E não pense que isso tudo é utopia, ou viagem minha. Não... Eu posso falar tudo isso para você porque você sabe que eu tenho vivido assim cada dia da minha vida. Você também sabe muita coisa que eu passei para conseguir me libertar desse medo do julgamento dos outros. Você sabe que não foi fácil, você viu muita coisa de perto e agora, quando a gente conversa e eu te falo da minha vida, você fica admirado. Você acha que eu tenho sorte, mas não é uma questão só de sorte. É também uma escolha que eu faço todo dia. E eu não sou melhor do que você por isso... eu só tive um pouco de coragem de me conhecer verdadeiramente, de buscar minha verdade sem medo da dor que poderia me causar, de romper com os padrões impostos e assumir quem eu realmente sou!

E eu imagino você fazendo isso! Eu imagino você com um sorriso incrível nos lábios e uma expressão que só quem é consciente de si e de seus verdadeiros direitos pode ter. Eu imagino você sendo dono da sua própria vida e fazendo coisas inimagináveis, porque eu sei que você pode muito! Eu imagino você com uma alegria infinita e da qual você não abriria mão por nada e por ninguém... Eu imagino você sendo quem realmente você nasceu para ser. Mas eu só posso imaginar,  por que para isso acontecer de verdade, depende de você querer. Mas, amigo, se você realmente quiser, conte comigo. Estarei aqui para te ajudar no que puder. Estarei física, emocional e espiritualmente do seu lado. Posso te segurar naqueles momentos em que você quiser desistir e voltar atrás, posso te apoiar quando as decisões forem difíceis demais, porém necessárias para o seu crescimento. Posso rir com você, comemorar suas vitórias e testemunhar a sua luta. Posso sentir os seus dramas sabendo que são passageiros e te mostrando que depois de tudo está VOCÊ, o verdadeiro!

Mas é uma questão de escolha sua e até lá estarei sendo a mesma amiga...Só que agora você já sabe o que eu penso quando apenas sorrio e não digo nada. Você já sabe que por tras do meu sorriso e assentimento está um mundo inteiro de possibilidades que eu sei que você pode ter,se quiser.

Você é meu amigo e eu te amo, como amo a mim, como amo a vida. Não estou aqui dizendo que sua vida não é boa, ou que você tenha que deixar toda a sua história de lado e procurar algo melhor e que só assim você poderia se realizar, não é isso. Só queria te questionar, fazer você pensar um pouco, e te ver fazendo aquela viagem de busca de si mesmo e voltando com o verdadeiro significado que cada coisa, cada acontecimento e cada pessoa tem para você e sabendo separar o que não é importante do que realmente é. E mesmo que por fora nada mude, vou saber, olhando nos seus olhos que a vida que você tem é a que você escolheu e que se orgulha disso. E por saber o quanto você é capaz de crescer eu te digo tudo isso, esperando com o coração aos pulos que você diga SIM para SUA VERDADEIRA VIDA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário